Sabe aquela peça que fica guardadinha no fundo do guarda-roupa? Aquela que você não usa, alguém te deu ou você herdou e não consegue se desfazer dela por nada? Então! Essas são as famosas peças afetivas.

A peça afetiva vem acompanhada de histórias e lembranças que na maioria das vezes guardamos por amor. O vestido de noiva, a blusa herdada da vó, o vestido que seu namorado/marido te deu e você só usou uma vez, enfim, as possíveis peças são muitas. Uma peça com essa importância não pode ser jogada fora ou retirada da nossa vida sem motivo ou consentimento.

Por isso, resolvi falar um pouco sobre o assunto e esclarecer um pouco como funciona a etapa de “Revitalização do guarda-roupa” na consultoria de estilo.

A revitalização do guarda-roupa é uma etapa que acontece após a análise de personalidade, tipo físico, coloração pessoal e prioridades. É nessa hora que decidimos juntas – isso mesmo! eu e a cliente – o que fica e o que sai, conforme o que já foi definido na “Proposta de Identidade Visual”.

Peças afetivas super podem render novas possibilidades com o que a gente tem ou não – e se não render não tem problema também, a cliente pode deixar um lugarzinho reservado no guarda-roupa só para guardar as peças do coração. São memórias que devem ser guardadas, afinal, não é o seu guarda-roupa todo e sim, algumas peças que retratam momentos da sua vida.

Dá medo pensar em alguém olhando as nossas roupas, escolhas e parte de quem somos, afinal, a roupa traduz e fala muitas vezes quem a gente é ou quer ser. Por isso, o cuidado com o que é do outro deve vir sempre em primeiro lugar, tanto na consultoria de estilo como na vida. <3

%d blogueiros gostam disto: